sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

Assuntos vários (27 de dezembro de 1974)


Passadas as comemorações natalinas, a certeza de que tudo tenha transcorrido, conforme pensamentos e desejos de todos.

Neste curto “intermezzo” do Natal findo e do alvorecer do Novo Ano, o recrudecimento das operações normais de todos, da responsabilidade comum e elementar, da luta cotidiana e do ganha pão normal e diário de cada um.

--:--

Sem ornamentação especial, a cidade não conseguiu oferecer aquela sensação de alegria das festividades natalinas, durante o período oficial de abertura noturna de nosso comércio.

--:--

Dois jovens, um dirigindo um Opala e outro pilotando um Corcel, sem qualquer ligação aparente entre si, usaram e abusaram do direito de guiar loucamente na cidade.

Demonstrando a mais absoluta falta de respnsabilidade, esses dois “Fittipaldis” puzeram em jogo suas próprias vidas e em perigo a de muitas pessoas.

--:--

O Sr. Moisés Teixeira Véspera, prefeito de Rubiácea, município sito na Noroeste, vem de ser selecionado pelo Centro Internacional Universitário e Tecnológico de Brasília, para fazer um curso sobre Administração Pública na Espanha.

O curso terá a duração de 45 dias, sendo ministrado no período de 14 de janeiro a 28 de fevereiro próximos, em Madrid.

--:--

Nas mesmas condições e para o mesmo curso, também foi selecionado o Sr. Idenolphi Semeghini, prefeito de Tupã.

O alcaide tupãense, no entanto, parece não estar muito inclinado a realizar os referidos estudos, por entender que o tempo de duração do curso é muito longo e que seu afastamento, durante cerca de cinquenta dias, poderá ocasionar prejuízos à administração municipal.

--:--

Mariliense Roberto Camargo, que iniciou-se no jornalismo na redação deste diário e que hoje é figura de primeira grandeza no jornalismo paulistano, apesar de relativamente novo, publicou recentemente, no jornal “O Estado de São Paulo” – onde milita com destaque – consubstancioso artigo, afirmando a queda de 30% no campo de vendas especiais no período do Natal.

Robertão enfocou cifras e dados, demonstrando tecnicamente, que em relação ao mesmo período do ano passado, este ano a quebra do movimento comercial citado, na Capital, registrou o referido índice diminuitivo.

--:--

Este escribra, que tem muita admiração e estima pelo Robertão, considerando-se, mesmo ousadamente, um dos “professores” de Roberto Camargo, quando de seu início nas lides jornalísticas, sente-se satisfeito, pela trajetória progessista do mariliense.

--:--

O recorte do mencionado artigo, inclusive assinado pelo autor, me foi remetido pela leitora Maria Cristina.

Para quem não sabe ainda, Roberto Camargo exerceu até há pouco, as funções de responsável pela abertura de um tele-jornal da TV Record, intitulado “Chekap”.

Foi o primeiro locutor negro a realizar semelhante trabalho na televisão brasileira – a abertura de um bem montado e completo programa de um tele-jornalismo vibrante e objetivo.

--:--

Outro mariliense que está ascendendo firme e rapidamente na radiofonia bandeirante é o narrador de esportes Osmar Santos.

Osmar Santos está cotado presentemente como o melhor locutor esportivo de toda São Paulo.

Aqui um “reparozinho” para o Osmar:

Ultimamente ele tem olvidado de promover Marília, omitindo aquelas suas constantes referências “à minha Marília”, ao “meu MAC”, etc.

Por que, Osmar?


Extraído do Correio de Marília de 27 de dezembro de 1974

Nenhum comentário: