quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Notícias em retalhos (22 de dezembro de 1959)

Notícias de Washington expedidas por um funcionário do organismo federal do espaço, prognosticou que os Estados Unidos promoverão a viagem de ida e volta de um homem à Lua, “dentro de uns 10 anos mais ou menos”. Prognosticou também “uma expedição humana a Marte, na década de 1970”, como parte do Programa Mercúrio.

--:--

No último dia 12 (de dezembro de 1959), realizou o Partido Social Democrático a sua convenção nacional, quando foi escolhido, unanimemente, o nome do marechal Teixeira Lott, como candidato do partido à sucessão do sr. Juscelino Kubitschek. Assistiram o encerramento dos trabalhos da primeira parte da citada convenção, o Ministro da Guerra e o Presidente da República.

--:--

Foi normalizado o serviço aéreo em São Paulo, com o acôrdo do reajuste dos salários dos aeroviários, na base de 35% de aumento.

--:--

Na cidade de Boqueirão, Ceará, próximo a Fortaleza, três bombas de alto poder explosivo provocaram pânico na cidade. Os petardos destruíram parcialmente uma repartição da Secretaria da Fazenda daquele Estado, não havendo, entretanto, vítimas pessoais.

--:--

Suicidou-se no Rio de Janeiro, o médico Mauricio Gudin, irmão do ex-ministro da Fazenda, sr. Eugênio Gudin.

--:--

Em Itapetininga, o prefeito municipal Darci Vieira, face aos protestos do funcionalismo por falta de pagamentos normais, afastou-se do cargo, tendo assumido a Prefeitura o presidente da Câmara, sr. Humberto Pellegrini.

--:--

A 15 último, ocorreu o transcurso do 128º aniversário de fundação da Força Pública do Estado. A milícia paulista foi criada pela Lei Imperial do Conselho da Província, em 15 de dezembro de 1931, diploma assinado pelo Brigadeiro Raphael Tobias de Aguiar.

--:--

A Guarda Civil de Marília atendeu uma sugestão feita pelo “Correio” e fechou o trânsito durante a noite de domingo último, nas imediações da Praça Saturnino de Brito. Boa medida, que mereceu aplausos.

--:--

Há vários meses está a Polícia de Sorocaba empenhada na captura de indivíduos desclassificados e inescrupulosos, que penetram nos diversos cemitérios da cidade com o fim de furtar objetos que normalmente são encontrados nos túmulos. Não obstante o trabalho desenvolvido pelos policiais, não se conseguiu identificar na época quem eram êsses indivíduos.

Na tarde de sábado último, todavia, milicianos de serviço na guarnição da RP 1, lograram deter o indivíduo José Alves, residente à rua Francisco Otaviano, 332, que, entrando no Cemitério da Consolação furtivamente, através do muro, furtou os seguintes objetos: um cadeado, um véu e uma miniatura de igreja de matéria plástica. O meliante ainda possuía os objetos do furto da ocasião da prisão, os quais foram encaminhados ao contrôle da RP, para os devidos fins.

Para bem elucidar o caso, foi intimado a comparecer à Regional de Polícia, o administrador do Cemitério da Consolação sr. Arnaldo Fazano.

Extraído do Correio de Marília de 22 de dezembro de 1959

Nenhum comentário: