segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Miscelânea (21 de novembro de 1959)

Marília receberá hoje, por convite especial do “Lions Club” local, a honrosa visita do sr. Francisco José da Nova, secretário da Segurança Pública do Estado de São Paulo.

Uma recepção carinhosa e condigna será proporcionada ao ilustre auxiliar do Govêrno de São Paulo, autoridade policial que tem sabido se conduzir com acêrto e eficiência à testa do importante órgão que dirige.

Às 17 horas, S. S. será recepcionado em caráter oficial em nossa cidade, em solenidade cívica de sessão especial convocada pela edilidade mariliense.

Ao ensejo deste registro, apresentamos os votos deste jornal, de feliz estada em nossa cidade, ao Secretário da Segurança Pública, sr. Francisco José de Nova.

--:--

Um lavrador da cidade de Santa Fé do Sul, de nome Marcelino Melão, encontrava-se um dia dêstes em São Paulo, “assuntando” o movimento da Rua Paula Souza. Dêle se aproximaram dois “caipiras”, contando-lhe a “batida” história de uma herança que teriam que encaminhar à Santa Casa de São Paulo. Tentando bancar o esperto e vendo no “negócio” uma oportunidade de encher-se de “gaita”, Marcelino Melão trocou o dinheiro que possuía (110 mil cruzeiros) pelo pacote da “herança”, que, como sempre, só continha papéis velhos, cortados e dobrados.

--:--

Por falta de parecer da Comissão de Cultura da Câmara Municipal, deixou de ser apreciado e receber votação, na sessão de ante-ontem da edilidade mariliense, o utilíssimo e oportuno projeto de lei de autoria do vereador Mônaco, que visa instituir como oficial municipal, a Comissão de Arte e Cultura de Marília.

--:--

Na sede nova do Marília Tênis Clube, na noite de hoje, terá lugar o sensacional Baile “Vermelho e Branco”. A noitada referida será patrocinada pelo “Lions Club” de Marília e marcará o encerramento da altruística “Campanha dos Óculos”, movimento que prestou serviços inestimáveis a centenas de estudantes pobres dos cursos primários da cidade.

--:--

Constituiu um extraordinário sucesso a apresentação do recital da notável pianista Yara Bernette, realizado quarta feira última, no Tênis Club Avenida. Seleta assistência local aquele local, tendo ficado maravilhada com a magnifica interpretação da comentada e internacionalmente conhecida artista patrícia.

--:--

Perdeu o Brasil uma de suas mais consagradas figuras da música contemporânea, com o desaparecimento do insigne maestro Heitor Villa Lobos. Membro honorário e permanente de diversas academias musicais da Europa e das Américas, o grande Villas Lobos foi o real revolucionário da música moderna nos últimos tempos.

--:--

Em atendimento a mandato de prisão preventiva decretado pelo MM. Juiz de Direito da Comarca de João Pessoa, Estado da Paraíba, foi detido e recolhido ao xadrez o sr. Apolônio Sales de Miranda, prefeito da capital paraibana. A prisão originou-se por uma “bobagenzinha” atôa: estelionato, prevaricação, desvio de verbas, etc., etc.!

--:--

Em Belo Horizonte, o Presidente da Assembléia Legislativa de Minas Gerais anunciou à imprensa, ter recebido uma carta anônima, ameaçando de uma próxima explosão de uma bomba-relógio no recinto daquela Casa de Leis. A justificativa dessa ameaça é simples: protesto contra a inatividade da assembleia contra a intolerável carestia da vida.

Se a moda pega...

--:--

Repercutiu de maneira desagradável na cidade, a notícia de que a Federação Paulista de Futebol determinou o início do Torneio dos Campeões para o próximo dia 29, porém sem a inclusão da A. A. São Bento nas duas primeiras pelejas. Erro gravíssimo da mentora bandeirante, pois o São Bento é, por fato e direito, o vice-lider da série “Paulo Machado de Carvalho”. Álias, no caso, o São Bento está servindo de “tábula de lavar roupa”. O Tupã brigou com a Botucatuense por causa de dois pontos e o São Bento recebeu a pior. Agora, a Prudentina com o Corinthians e sôbre os costados dos marilienses é que estão refletindo as consequências. Até parece o caso do camarada que sem ter nada com a briga alheia, apanhar sòmente porque passou perto do “rôlo”...

Extraído do Correio de Marília de 21 de novembro de 1959

Nenhum comentário: