domingo, 26 de junho de 2011

Notícias Várias (26 de junho de 1959)

Há poucos dias, em plena Capital da República e já perto do anoitecer, diversas pessoas observaram, nos céus de Copacabana três fócos luminosos. O fenômeno vario de intensidade, cortando o céu lentamente, em direção norte-sul, tendo sido observado por muito gente, pelo espaço de 15 minutos, quando desapareceu no horizonte.

--:-:--

O Serviço de Meteorologia, do Ministério da Agricultura, anunciou uma onda de ar frio para terça feira última. A massa gelada, entretanto, não se apresentou. Pergunta: Será que vem pela Central do Brasil?

--:-:--

E por falar na Estrada de Ferro Central do Brasil, esta aconteceu de fato, aqui em Marília e não é piada: O deputado federal Raineri Mazzili, ofertou, como de conhecimento público, uma viagem pedagógica ao Centro Acadêmico “Roberto Simonsen”, da Faculdade de Ciências Econômicas. Os alunos deverão visitar a Usina de Volta Redonda. Sucede que a condução, de São Paulo até a “Cidade do Aço”, deverá ser feita pela Central. Assustada com os últimos desastres ferroviários da E.F.C.B., a “turma” da Faculdade “saltou na parece”: nenhum acadêmico quer saber da Central.

--:-:--

Ainda, outra da Central: E.F.C.B., significa Estrada de Ferro Central do Brasil. Sabem como alguém já interpretou êsse prefixo?

“Empresa Funerária Caveira de Burro”!

--:-:--

E o feijão em Marília, continua com o preço elevadíssimo, apesar de ter o Sr. Presidente da República afirmado, em entrevista à imprensa, que o custo de vida baixou!

--:-:--

Milhares e milhares de cruzeiros, são gastos anualmente, pelos magnatas do turfe e proprietários de cavalos do Joquei Clube, só em aveia e leite em pó. Enquanto isso, no mais desumanos dos contrastes, centenas de crianças morrem anualmente, por falta de recursos dos pais, para comprar leite!

--:-:--

No próximo dia 2 (de junho de 1959), o Corpo de Bombeiros do Distrito Federal, comemorará o 108º aniversário de fundação.

Tambem em Marília, dentro em pouco, comemoraremos o 3º aniversário das promessas do Comando do C. B., de instalar o Corpo de Bombeiros de Marília. Que tal?

--:-:--

Em São Paulo, ante-ontem, o operário Agenor Silvério da Silva, casado, de 44 anos de idade, quando assistia a Missa de 7º dia, mandada celebrar em intenção de um seu parente, sentiu-se mal. Removido da Igreja de São Benedito, em Vila Formosa, para o Pronto Socorro, ali chegou sem vida.

--:-:--

O Juiz Souza Neto, do Distrito Federal, figura de relevo focalizada por David Nasser no famoso “caso Aida Cury, acabou de exonerar-se de suas funções. De nossa parte, respeitamos a sua decisão e as razões ponderadas, mas não há dúvida, de que, nessa atitude, existiu uma boa dose de covardia...

--:-:--

Domingo próximo, a A. A. São Bento deverá defrontar-se com o Rio Preto E.C., em peleja de campeonato. A “torcida” mariliense terá o ensejo de ver em ação, em contenta oficial, pela primeira vez em Marília, o fabuloso Mestre Zizinho. O jogo, em sí, é de enorme responsabilidade para os pupilos do “príncipe” Danilo.

--:-:--

Já se encontra no Rio o eng. Alberto Henry Pearce, da firma Thomas de La Rue, da Inglaterra, que montou uma fabrica em Bonsucesso. O início da produção deverá dar-se a partir de fevereiro de 1960. A fabrica está em condições de produzir qualquer quantidade de dinheiro não só para o Brasil, como também para outras nações sul-americanas. A matéria prima tôda será nacional. Portanto, não há mais perigo de qualquer preocupação com a desvalorização do cruzeiro... Dentro em pouco teremos uma Fábrica de Dinheiro... inteirinha prá nós!

--:-:--

Hoje, em Roma, deverá ocorrer o encontro Jânio-Jango.

Daqui mais alguns dias teremos muita coisa a divulgar e já estamos antevendo “marmelada” grossa...

Extraído do Correio de Marília de 26 de junho de 1959

Nenhum comentário: